Agência Belém
Agência Belém

Notícia falsa espalha boato de envenenamento no PS da 14; prefeitura diz que vai tomar providências

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Um vídeo falso, que começou a circular nesta segunda-feira, 7, nas redes sociais tumultuou o atendimento no Hospital do Pronto-Socorro “Mário Pinotti”, o HPSM da 14, no Umarizal. O vídeo diz que as pessoas que participam de atos antidemocráticos em Belém (tentando interditar a avenida Almirante Barroso) teriam sido envenenadas no HPSM.

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) negou as informações do vídeo. A Sesma ressalta que, no Brasil, o Código Penal prevê três configurações de crimes ligados a boatos e mentiras (os chamados crimes de honra). São eles calúnia, difamação e injúria, todos cabíveis de detenção e multa.

CONTINUE LENDO...

O jurídico da Secretaria já foi acionado e estuda os meios legais para processar o autor do vídeo calunioso.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }