Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Pará fecha fronteira com o MT após ataques de criminosos na cidade de Confresa; Tocantins e Goiás também

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após o ocorrido na cidade de Confresa, no Mato Grosso, onde mais de 15 criminosos fortemente armados invadiram a cidade, em plena luz do dia no domingo de Páscoa, 9, todas as divisas do Mato Grosso com os estados do Pará, Tocantins e Goiás foram fechadas. A informação foi confirmado pelo secretário Segurança Pública do MT, César Augusto Roveri. Na ocasião os assaltantes atacaram a base da Polícia Militar e a empresa de transporte de valores Brinks.

Ação criminosa foi registrada por moradores e compartilhada nas redes sociais. A sede social de uma igreja e telhados de algumas residências foram destruídos por explosivos. O grupo tentou assaltar a empresa de valores, mas sem sucesso.

CONTINUE LENDO...

Em nota, a empresa informou que apesar da explosão, os criminosos não conseguiram levar o dinheiro.

O governador Mauro Mendes (União) solicitou apoio de outros estados para ajudar na operação de busca pela quadrilha. Ao todo, mais de 100 policiais somente do Mato Grosso estão atuando na ação, além das equipes de reforço de todo o Centro-Oeste, conforme informou o secretário. Até o momento ninguém foi preso.

O secretário informou que os detalhes das buscas não serão divulgados para manter a segurança do caso, mas garantiu que o bando está escondido em áreas não habitáveis, fora da cidade de Confresa e Santa Terezinha, que era a rota de fuga.

Com informações do Native News Carajás

VER MAIS

VER MAIS