Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik

Vai viajar? Confira dicas para identificar e garantir a segurança da sua bagagem; assista

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após o caso da dupla de brasileiras presas na Alemanha por tráfico internacional de drogas na última semana, a preocupação dos passageiros em relação à segurança das suas bagagens disparou, principalmente após a Polícia Federal descobrir que as duas mulheres tiveram suas malas trocadas por funcionários do aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, antes de embarcar para a Europa. Mesmo com as provas da PF, as duas seguem presas há mais de um mês em Frankfurt.

Para entender e dar soluções para as dúvidas geradas pelo tema, o Portal Roma News fez um guia explicando o diz a lei sobre a responsabilidade e segurança de bagagens durante viagens internacionais. Por outro lado, as colunistas Ana Celeste Franco e Yáskara Cavalcante, com ampla experiência em viagens nacionais e internacionais, compartilharam suas dicas pessoais de como garantir a segurança de suas bagagens e como personalizá-las.

CONTINUE LENDO...

Yáskara, que já viajou para mais de 30 países, recomenda personalizar a mala e fazer fotos para compartilhar com contatos de segurança “caso peguem seu celular, está tudo comprovado”. Ela, que atualmente mora em Portugal, cita que as viagens pela Europa costumam ser mais baratas e, geralmente, requer apenas o uso da mala de mão ou de mochilas, mas em casos onde não seja possível evitar o despacho de mala, ela destaca a importância de investir na personalização: “fitinhas do Círio de Nazaré, adesivos personalizados, mandar fazer seus próprios adesivos”, cita.

Já Ana Celeste enfatiza a importância de usar a tecnologia a seu favor, como os mini rastreadores, semelhantes ao AirTag, da Apple: “você esconde o localizador em um local escondido na mala e acompanha a localização em tempo real pelo aplicativo no celular” diz. No entanto, ela não descarta a importância de técnicas tradicionais de identificação como adesivos e etiquetas coloridas e vistosas. Assista:

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }