Vai viajar? Veja algumas rotas alternativas para fugir do trânsito na BR-316, na saída de Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Para quem decidiu pegar a estrada neste sábado, 29, o último do mês de julho, além de muita paciência copm o trânsito, é preciso ficar atento às oportunidades de fugir do fluxo intenso da BR-316, que tende a ficar bastante movimentada nas primeiras horas de hoje, na saída de belém.

Quem procura escapar da cidade para ter pelo menos este final de semana de lazer nas praias e balneários paraenses, o portal Roma News selecionou algumas rotas alternativas para te ajudar a fugir do fluxo pesado de veículos na BR-316.

CONTINUE LENDO...

João Paulo II

O motorista que vai sair do centro de Belém pode usar a Avenida João Paulo II como rota para evitar os congestionamentos da Avenida Almirante Barroso, e utilizar o viaduto do Coqueiro, em Ananindeua, para acessar a BR.

Avenida Centenário

Já em Ananindeua, os motorista podem utilizar a Avenida Centenário como rota de saída, podendo chegar a altura do km 9 da BR-316, evitando todo o congestionamento da rodovia no município.

A Avenida Centenário, ainda pode ser uma ótima opção para quem mora nos bairros periféricos da capital e quer evitar o trânsito no início da BR.

Avenida Independência

A Avenida Independência, no km 9, é outra alternativa para quem está de saída da região metropolitana. A avenida já acessa a BR-316 próximo à Alça Viária, evitando o trânsito mais lento no trecho em obras nos quilômetros iniciais da BR.

Desvio no km 7 da BR-316

O trânsito na BR-316, na altura do KM 7, ganhou um novo desvio para dar continuidade às obras do BRT Metropolitano. O trânsito foi desviado desde a noite de quarta-feira, 26, no sentido Marituba-Belém.

Obras na BR

Vale lembrar que estão sendo executadas obras de drenagem na BR-316, e o trânsito pode ficar mais complicado no trecho entre os km 4,5 e 5,5 sentido Belém/Marituba.

Carros de passeio e motos devem entrar pelo desvio para acessarem as duas pistas de concreto do futuro BRT. Veículos pesados devem se manter na faixa aberta na BR. Pedestres e ciclistas podem transitar no trecho em uma faixa exclusiva na calçada.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }