Foto: Marco Santos / Agência Pará
Foto: Marco Santos / Agência Pará

Validade das carteiras de gratuidade para PcDs é prorrogada em Belém; saiba até quando

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A validade das carteiras de gratuidade para usuários com deficiência foi prorrogada até dezembro de 2023. Os documentos não precisam ser renovados e podem ser apresentados aos operadores de transporte intermunicipal hidroviário e rodoviário.

A Diretoria de Controle Financeiro e Tarifário da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon-PA) informou que estão em fase de atualização do benefício para modernizar o processo de emissão e torná-lo mais ágil por meio de sistemas digitais. Por isso, neste momento a decisão foi prorrogar a validade dos documentos por mais alguns meses.

CONTINUE LENDO...

As novas carteiras podem ser solicitadas diretamente nas Unidades de Referência Especializada (URE) da Sespa, nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) ou secretarias de saúde municipais.

O laudo médico é obrigatório para a emissão da carteira de gratuidade e é elaborado por peritos da própria Sespa conforme a condição do usuário.

Confira a lista das unidades de atendimento de acordo com especialidades:

URES Reduto – Av. Visconde de Souza Franco, nº 600 – Fone 3204-3716 – Atendimento para deficiências física, neurológica, lúpus e insuficiência renal.

URES Presidente Vargas – Av. Presidente Vargas, nº 513 – Fone 3110- 6250 – Atendimento para deficiências auditiva, visual, cardiológica e ostomias.

URES Marcello Candia – Av. João Paulo II, BR 316, Km 12, Rua do Hospital Divina Providência em Marituba – Fone: 3256-0223 e 3256-0266 – Atendimento para hanseníase.

UREDIPE – Av. Senador Lemos, s/n – Fone 3244-3535 – Atendimento para infecções sexualmente transmissíveis.

URES Demétrio Medrado – Av. Dr. Freitas, nº 235 – Fone 3233-1479 – Atendimento para deficiências física e neurológica.

UREMIA – Av. Alcindo Cacela, nº 1421 – Fone 3226-1931 – Atendimento para deficiências física e intelectual – usuários de 0 a 14 anos.

CAPS Renascer – Av. Mauriti, nº 2179 – Fone 3276-3448 – Atendimento para deficiência intelectual.

Hospital Universitário Bettina Ferro De Souza – Projeto Caminhar – Rua Augusto Corrêa, nº 01 – Fone 3201-8581 – Atendimento aos usuários atendidos pelo Projeto Caminhar.

Com informações da Agência Pará

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }