Foto: Ag. Pará
Foto: Ag. Pará

Veículos são flagrados com 18 toneladas de pescado transportado irregularmente em Santa Maria do Pará

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Durante fiscalização volante na barreira do município de Santa Maria do Pará, na região Nordeste, fiscais da Agência de Defesa Agropecuária (Adepará) interceptaram quatro veículos que transportavam pescado de forma irregular, infringindo normas sanitárias, e apreenderam as 18 toneladas de peixe, na tarde de quinta-feira, 30. A ação contou com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O objetivo foi impedir a saída de pescado do Estado durante o período da Semana Santa, em cumprimento a decreto estadual.

A carga foi apreendida porque não estava armazenada em refrigeração adequada, não apresentava o selo de inspeção sanitária oficial ou nota fiscal. Entre os peixes apreendidos estavam caíca, piramutaba, tabatinga, tambaqui, curimatã, gó e pratiqueira.

CONTINUE LENDO...

O pescado era destinado a diversos municípios, entre os quais Abaetetuba, Ananindeua, Castanhal e Bragança. Uma das cargas seria levada para o Estado do Amapá, descumprindo a determinação do decreto estadual.

O pescado, por estar in natura, inteiro e fresco foi liberado para comercialização, após passar por processo de lavagem e inspeção sanitária em uma indústria registrada no SIE (Serviço de Inspeção Estadual), conforme determina a Portaria 001/2018.

Fiscalização – Até o próximo dia 07 (sexta-feira), a Adepará continuará as fiscalizações em cumprimento ao decreto, intensificadas em postos fixos e volantes, em todo o Estado. O trabalho tem a parceria das polícias Rodoviárias Federal e Estadual (PRE).

VER MAIS

VER MAIS