Foto: divulgação Polícia Federal
Foto: divulgação Polícia Federal

Vídeo: Polícia Federal encontra mais de 230 kg de ‘supermaconha’ enterrada em sítio na Grande Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Polícia Federal encontrou 235 kg de skunk, um tipo de “supermaconha” fabricada em laboratório, enterrada em um sítio em Santa Izabel do Pará, na Grande Belém, durante uma ação nessa sexta-feira, 1. (Assista ao vídeo no final da matéria)

Segundo a PF, a existência de droga no imóvel já estava sendo monitorada em uma investigação da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da PF e a abordagem dos agentes foi feita no momento em que os suspeitos começaram a desenterrar o entorpecente e colocá-lo em um veículo. Os quatro suspeitos fugiram para o mato e não foram encontrados.

CONTINUE LENDO...

A partir daí, a equipe policial prosseguiu durante cerca de três horas para desenterrar o resto do skunk, que estava em tonéis no sítio. Já de noite, a droga e o veículo apreendidos foram levados à sede da Superintendência Regional da Policia Federal, para os procedimentos legais.

Caso seja confirmada a participação do dono do sítio no crime, a Justiça poderá dar sequestro patrimonial do imóvel. O inquérito aberto busca identificar os responsáveis pela droga. A origem provável é Colômbia ou Peru, mas isso também é alvo da investigação, segundo a Polícia Federal.

Ainda de acordo com a PR, essa foi a segunda apreensão de maconha esta semana. Na segunda-feira, 27, foram apreendidos 17 quilos da droga vindos de barco a Belém. Em junho do ano passado, a PF apreendeu uma tonelada de cocaína em Curuçá, no Pará, também enterrada em um sítio.

Assista:

VER MAIS

VER MAIS