Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Vítimas de acidente com ônibus em Tucuruí são transferidas para Hospital Metropolitano

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) transferiu na nesta madrugada, para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua, quatro dos 25 pacientes que deram entrada no Hospital Regional de Tucuruí (HRT), no último domingo, 26, após o acidente com um ônibus que leva um grupo de estudantes e servidores do Instituto Federal do Pará (IFPA) e deixou quatro mortos, em Tucuruí.

“Mais uma vez, a Secretaria Estadual de Saúde, através do comando do governador Helder e da vice-governadora Hana, se empenhou em agir rapidamente para dar todo suporte dentro do Hospital Regional de Tucuruí, onde imediatamente foi acionado o protocolo de catástrofe para assistência a uma tragédia, que foi o que aconteceu. A partir daí nós temos uma força-tarefa cirúrgica, seis cirurgias aconteceram ainda no mesmo dia, durante a mesma madrugada, fora o suporte aos doentes menos graves, além da transferência de UTI aérea de dois pacientes que estavam extremamente graves, e chegamos agora com a terceira transferência que veio de ambulância, pois estava mais estável, para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência. Isso demonstra uma marca do Governo do Estado que está sempre atuando em qualquer agravo que aconteça com a máxima brevidade e ofertando suporte a todos os pacientes”, disse o secretário de Políticas de Saúde da Sespa, Sipriano Ferraz. 

CONTINUE LENDO...

Segundo o boletim médico do HRT, emitido na manhã desta terça-feira (28), além dos dois pacientes transferidos para a unidade de traumatologia da Região Metropolitana, há ainda na unidade 8 pacientes internados sendo que outros 14 já que tiveram alta. Não há registros de óbitos, até o momento e o Hospital Metropolitano aguarda a chegada de outros dois pacientes, prevista para acontecer ainda nesta terça-feira (28).

Com informações da Ag. Pará.

VER MAIS

VER MAIS