Círio 2022: vigília faz adoração ao Santíssimo Sacramento

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Nesta quarta-feira, 5, às 8h, na Capela Bom Pastor, 196 instituições, entre paróquias, pastorais e escolas católicas, se revezarão, durante 48 horas, em Adoração ao Santíssimo Sacramento da Eucaristia. A missa de abertura será presidida pelo arcebispo Dom Alberto Taveira Corrêa. Este ano, 58 casais foram convidados pelo casal coordenador escolhido pela Diretoria da Festa para o acolhimento e organização da Adoração, José Ferreira e Alvacir Sales. A Diretoria da Festa de Nazaré (DFN) emite um documento de constituição de uma Comissão Especial exclusiva para a finalidade de organizar a Vigília de Adoração ao Santíssimo Sacramento por 48 horas em intercessão pelo Círio 2022.

A programação, realizada pela primeira vez em 2001, pela DFN, é um dos momentos de preparação espiritual para o Círio. No primeiro ano de realização ela teve 24h de duração e a partir do ano seguinte, 48h. A cada duas horas, cinco a oito equipes dos movimentos participantes se revezarão em adoração e louvor, dia e noite, ao Santíssimo Sacramento. A Adoração só encerra às 06h30 da sexta-feira, 7, com missa presidida pelo padre Francisco Assis, presidente da DFN e reitor da Basílica Santuário.

CONTINUE LENDO...

José Ferreira Sales é funcionário público aposentado e Alvacir é bancária aposentada. Estão casados há 44 anos e desde a juventude participam na vida ativa da igreja. “Recebemos o convite do diretor de evangelização, Jorge Xerfan, e estamos conscientes da grandeza e complexidade da missão. Participar desta vigília nos enche de satisfação, e nesta coordenação queremos testemunhar o entusiasmo e fé dos participantes em adoração a Jesus. Todos podem participar deste momento de oração, terços e meditação da palavra”, conta José Sales.

História – A Vigília de Adoração foi realizada pela primeira vez em 2001, coordenada pelo casal Ubirajara e Maria Helena Salgado, com a participação dos casais José de Ribamar e Celízia Gonçalves, Heleno e Suely Teixeira. Esta Vigília de Adoração foi realizada em 24 horas, com abertura às 13h30, do dia 11 de outubro, pelo então Arcebispo de Belém, Dom Vicente Zico, e término no dia 12. A partir de 2002, a Vigília passou a ser feita em 48 horas de Adoração com o término antes da saída do Traslado para Ananindeua.

VER MAIS

VER MAIS