Bailarinos e dançarinos paraenses participam de intercâmbio de dança na Argentina; experiência vai se tornar documentário

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Cinco bailarinos e coreógrafos paraenses estão participando de um intercâmbio de dança na Argentina. A experiência educacional e cultural vai durar dez dias, e é realizada em duas cidades: a capital Buenos Aires, e Bariloche, na região da Patagônia. Os bailarinos foram selecionados durante a primeira edição do Dança Carajás Festival, realizada no ano passado, em Parauapebas, município da região Sudeste do Pará.

As bolsas de estudo foram destinadas para os destaques da primeira edição do evento, e incluem passagens áreas, hospedagem, transporte e alimentação. Ou seja, a bolsa é totalmente gratuita para os artistas. Entre as aulas ministradas pelos hermanos estão: dança irlandesa, swing jazz, fit barre, dança contemporânea, tango, folclore argentino, técnica de ballet progressivo, ballet clássico e aula de musical. Já os bailarinos brasileiros, ministram aulas de dança contemporânea, danças urbanas, ballet e folclore paraense (carimbó e lundum marajoara).

CONTINUE LENDO...

Os bolsistas paraenses são: Rose Monteiro (professora da Universidade do Estado do Pará e coreógrafa), Wallace Luz (bailarino clássico), Mayrla Andrade (doutora e professora da Universidade Federal do Pará e coreógrafa), Lindemberg Monteiro (Bailarino e coreógrafo), e Victor Shynoda (dançarino e coreógrafo).

Além dos paraenses, o intercâmbio também garantiu uma bolsa de estudos para a bailarina clássica, Caroline Cantuária, da cidade de Teresina, no Piauí. Ela também foi selecionada durante o festival. “Está sendo como ver a realização de anos e anos de expectativas criadas, mas que por conta das dificuldades financeiras e saúde, não foram possíveis serem realizadas. Eu sempre sonhei com isso, em fazer aulas fora do país, mas nunca sonhei em ministrar aula fora do Brasil, então, o coração tá na mão”, disse a bailarina.

Todo o intercâmbio está sendo gravado e será transformado em um documentário, com entrevistas exclusivas com professores e bailarinos brasileiros e argentinos. A direção de comunicação do documentário está sendo feita pelo jornalista paraense Andrey Araújo, que coordena a equipe composta pela produtora artística e filmaker Joara Barros, e a designer e filmaker Pollyana Carvalho. O intercâmbio também será eternizado em um livro em parceria com o projeto Habitante Criador, da Universidade Federal do Pará, coordenado pela professora Mayrla Andrade.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }