Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Dona de fabricante de chocolate muda regras para contratar influenciadores após polêmica com Felipe Neto

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após a repercussão da polêmica escolha do influenciador Felipe Neto para o protagonista da campanha do snack Bis, a qual foi anunciada em outubro deste ano, gerou uma mudança no critério de escolha dos novos garotos-propaganda dos produtos da empresa Mondelez no Brasil, empresa proprietária, entre outras, da marca Lacta. Segundo informações, a empresa decidiu que será mais rigorosa na hora da contratação de influenciadores e artistas para estrelarem ações de marketing e também garantiu que será realizada uma pesquisa de reputação antes da assinatura do contrato.

De acordo com o site Na Telinha, entre os filtros mais refinados que a empresa fará, revela que as personalidades não poderão ter posição politica e ideológica exposta publicamente, além de que também não poderá ter se envolvido com polêmicas em torno de racismo ou de qualquer outra situação de preconceito e tão pouco ter emitido opiniões controversas. Diante disso, a quantidade de seguidores passa ser apenas a primeira fase na seleção dos novos rostos que farão propaganda dos produtos da empresa.

CONTINUE LENDO...

No caso de Felipe Neto, internamente, o influenciador expôs a marca de forma danosa com o boicote promovido nas redes sociais de pessoas que são contrárias ao posicionamento político do youtuber, mas acabou trazendo para o grupo, lições de marketing de um país polarizado.

Para parte do mercado publicitário, a decisão da Mondelez é uma tendência de critérios e que deverãos er seguidos por outras empresas após a situação envolvendo o chocolate Bis.

Com informações do Na Telinha

VER MAIS

VER MAIS