Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Saiba o que é vasculite: doença que deixou astro de Hollywood sem ver, ouvir e andar

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Durante um programa de televisão dos Estados Unidos, o ator Ashton Kutcher, 44 anos, decidiu contar sobre a doença autoimune rara a qual ele foi diagnosticado. O artista hollywoodiano foi diagnosticado há dois anos, quando durante uma crise o deixou, momentaneamente sem visão, audição e até mesmo, equilíbrio.

“Tive uma forma estranha e muito rara de vasculite, que derrubou minha visão, minha audição e meu equilíbrio”, contou Ashton em entrevista à “Running Wild with Bear Grylls: The Challenge”, que foi ao ar na segunda-feira, 8.

CONTINUE LENDO...

Quando se fala em doenças autoimunes, é preciso saber que elas são caracterizadas por uma espécie de “pane” no sistema imunológico do paciente. Essa “pane” faz com que o corpo humano passe a produzir anticorpos contra componentes dele mesmo. Por diversos motivos, porém, ainda pouco esclarecidos, o organismo acaba por confundir suas próprias proteínas com agentes invasores, e então, diante disso, ele passa a atacá-las.

Com relação as vasculites, o ataque surge nos vasos sanguíneos e os sintomas dependem dos vasos atingidos. De acordo com especialistas, a vasculite pode surgir em artérias, veias e capilares, e quanto aos sintomas, eles variam conforme o órgão prejudicado com a falta de irrigação sanguínea.

Além disso, a doença é considerada rara e existem vários tipos. Na presente no ator Ashton Kutcher, os especialistas acreditam que deve ser um tipo de vasculite chamada de “arterite de células gigantes”, ou como também é conhecida: “arterite temporal”. Esse tipo de vasculite é mais comum em pessoas acima dos 50 anos e os principais sintomas são: dores de cabeça, febre e rigidez. Caso elas envolvam as artérias do olho, pode ocasionar a cegueira.

Essa doença não tem cura e precisa ser controlada através do uso de medicamentos, que evitam recidivas ou mesmo o agravamento da doença. O paciente com diagnóstico de vasculite tem que fazer o acompanhamento regular, assim como toda doença autoimune, pois existem os períodos de exacerbação e ativação da doença e também, os períodos de remissão, em que os pacientes ficam sem apresentarem sintomas.

Sintomas iniciais:

Febre;

Dores;

Falta de apetite;

Fraqueza e mal estar.

Sintomas localizados:

Após o surgimento dos sintomas iniciais, dependendo de onde as inflamações forem ocorrendo, o paciente pode apresentar lesões renais, pulmonares, acidente vascular cerebral, cegueira e até mesmo danos aos membros inferiores que precisam de amputações.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS