Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu
Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu

Análise: Paysandu tem começo de ano fulminante mesmo com ressalvas

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O começo da temporada, que marca o retorno do Paysandu à Série B do Brasileirão, não podia ser melhor. A equipe bicolor está invicta no Campeonato Paraense, levou apenas um gol em seis jogos e ainda tem o artilheiro da competição, Nicolas.

Apesar do início fulminante, Hélio dos Anjos mantém os ‘pés no chão’. Em entrevista coletiva, o treinador chegou a dizer que o Parazão não era parâmetro para Série B. “Não é parâmetro, sou muito sincero, não. Eu posso falar isso porque estou assistindo todos os meus adversários da Série B. Estamos vendos jogos de times da Série B contra grandes equipes da Série A”, falou Hélio.

CONTINUE LENDO...

O Papão tem cinco vitórias e só um empate no ano, no clássico Re-Pa, e tem 8 gols marcado e só um sofrido. Liderando o Parazão com 16 pontos e já classificado, a expectativa é que o Paysandu mescle ainda mais o time, como foi contra o Cametá. No dia 29 tem a primeira decisão do ano, contra o Ji-Paraná pela Copa do Brasil. O time vai até Rondônia para confirmar o favoritismo e se classificar.

Ponto alto do time é Nicolas, o atacante tem 6 gols em seis jogos e é o artilheiro do Parazão. Após uma passagem fraca pelo Ceará, o ‘Cavani da Amazônia’ retomou seu bom futebol. Mesmo com Hélio e os jogadores cientes do baixo nível do estadual, é de se vangloriar o início de temporada do Papão.

VER MAIS

VER MAIS