Confira o guia da Copa São Paulo de Futebol Jr

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A 54ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, a Copinha, terá início nesta terça-feira, 2, e vai até o dia 25, data do aniversário da capital paulista. O palco da decisão ainda está indefinido por conta das obras no Pacaembu.

São 128 equipes distribuídas em 32 grupos – quatro em cada. As sedes (todas no Estado de São Paulo) são: Alumínio, Araraquara, Assis, Bálsamo, Barueri, Bebedouro, Catanduva, Cravinhos, Diadema, Franca, Guaratinguetá, Guarulhos, Itapira, Itaquaquecetuba, Jaú, Leme, Marília, Mogi das Cruzes, Osasco, Porto Feliz, Salto, Santana de Parnaíba, São Bernardo do Campo, São Carlos, São Paulo, Suzano, Taubaté, Tietê, Tupã.

CONTINUE LENDO...

Todos os 26 estados mais o Distrito Federal têm representantes. Somente o Estado de São Paulo tem 53 equipes, o que corresponde a 41,4% do total.

SporTV, Cazé TV e os canais do Paulistão e do Futebol Paulista vão dividir as transmissões de todos os jogos.

As equipes se enfrentam em turno único dentro das duas respectivas chaves. As duas primeiras colocadas após três rodadas avançam à segunda fase. São critérios de desempate em caso de empate no número de pontos: 1) saldo de gols; 2) mais gols pró; 3) menos cartões vermelhos; 4) menos cartões amarelos; 5) confronto direto e 6) sorteio público.

O chaveamento já está definido até a decisão. Serão jogos eliminatórias a partir da segunda fase. E com disputa de pênaltis em caso de empate no tempo regulamentar. A equipe que vencer uma disputa de pênalti até as semis garantirá um ponto extra, já que o mando de campo da final pode levar em consideração a pontuação geral.

Maiores campeões:

  • Corinthians  (10) – 1969, 1970, 1995, 1999, 2004, 2005, 2009, 2012, 2015 e 2017
  • Fluminense (5) – 1971, 1973, 1977, 1986 e 1989
  • Internacional (5) – 1974, 1978, 1980, 1998 e 2020
  • Flamengo (4) – 1990, 2011, 2016 e 2018
  • São Paulo (4) – 1993, 2000, 2010 e 2019
  • Atlético-MG (3) – 1975, 1976 e 1983
  • Santos (3) –  1984, 2013 e 2014
  • Ponte Preta (2) – 1981 e 1982
  • Nacional (SP) (2) – 1972 e 1988
  • Portuguesa (2) – 1991 e 2002
  • Palmeiras (2) – 2022 e 2023
  • Marília (1) – 1979
  • Juventus (1) – 1985
  • Vasco (1) – 1992
  • Guarani (1) – 1994
  • América-MG (1) – 1996
  • Paulista (1) – 1997
  • Roma (1) – 2001
  • Santo André (1) – 2003
  • América-SP (1) – 2006
  • Cruzeiro (1) – 2007
  • Figueirense (1) – 2008

A competição só não foi disputada duas vezes desde 1969. A primeira foi em 1987 por decisão da Prefeitura de São Paulo. Já em 2021, a pandemia de Covid inviabilizou a realização do torneio.

Único grande de São Paulo sem conquistas na Copinha até 2021, o Palmeiras levou as duas últimas edições e terá a chance de faturar um inédito tricampeonato de forma consecutiva. Corinthians (1969/70 e 2004/05), Atlético-MG (1975/76), Ponte Preta (1981/82) e Santos (2013/14) são os outros bicampeões seguidos.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }