Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

No sufoco, Brasil vence a Eslovênia no masculino da Liga das Nações

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Seleção Brasileiro de vôlei masculino pulou uma fogueira em quadra na noite desta quinta-feira, 9. A equipe do técnico brasileiro Renan Dal Zotto, venceu por 3 sets a 1 a Eslovênia, no Nilson Nelson, em Brasília, em um jogo que foi de ânimos quentes.

A exemplo da primeira partida, contra a Austrália, o Brasil entrou em quadra sem a experiência dos ponteiros Lucarelli e Leal, que se recuperam de lesões e devem retornar somente na segunda etapa da Liga das Nações. Logo no primeiro set o Brasil encontrou dificuldade. Os eslovenos pareciam que tomariam conta do jogo, pois o Brasil teve muito erro de saque, mas, os pontos eram disputados “lá e cá”. Estava difícil fazer a bola cair na quadra do adversário que foi o vice-campeão do Campeonato Europeu de vôlei masculino. Mas, o Brasil conseguiu fechar o set em 25 a 21.

CONTINUE LENDO...

No segundo set, embora justado o bloqueio brasileiro, que seguiu funcionando bem na dobradinha Lucão e Rodriguinho, a Eslovênia conseguiu desestabilizar a seleção e, a disputa eletrizante de ponto a ponto, teve os eslovenos virando o placar e abrindo quatro de vantagem e devolverem com o mesmo placar do set perdido: 25 a 21. Deixando tudo igual no Nilson Nelson.

Mesmo assim, o terceiro set seguiu com a Eslovênia querendo jogo e surpreendendo ainda mais. Embora a empolgação pelo triunfo no set passado, o Brasil controlou os ânimos e teve excelentes bolas no meio e bloqueios por parte de Lucão. Diante do bom desempenho brasileiro e controle emocional dos jogadores na parcial, forçou o pedido de tempo esloveno, chegou até a surtiu efeito momentâneo ao diminuir a vantagem para dois pontos, encostando no marcados brasileiro. Mas, o ritmo europeu não foi mantido e a Seleção seguiu comandando o confronto até vencer a etapa por 25 a 20.

Focado em concluir a partida sem sustos maiores, o Brasil tratou de acelerar o seu jogo no set final. Mais inteiro após três sets, o esquadrão verde-amarelo tomou conta do duelo e logo tratou de abrir 10 x 6. Incomodados com a desvantagem, os visitantes até esboçaram uma reação, diminuindo a vantagem para quatro pontos, mas esbarraram em erro individuais e no oportunismo brasileiro. E com a festa da torcida em Brasília, a Seleção fechou o confronto por 25 x 16. 

Focado no bi-campeonato na Liga das Nações o Brasil tratou de acelerar o seu ritmo de jogo no set final. O esquadrão verde-amarelo se “agigantou” e tomou conta do duelo. Incomodados, os visitantes chegaram até a demonstrar uma reação, mas esbarraram em uma sequência de erros individuais e no oportunismo brasileiro. Além disso, o Brasil contou com o apoio da sua torcida e fechou o confronto por 25 a 16.

Invicto, o Brasil volta a jogar no sábado, 11, às 15h no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, contra os Estados Unidos, que também estão invictos na competição.  

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }