Foto: Ozéas Santos (AID/ALEPA)
Foto: Ozéas Santos (AID/ALEPA)

Alepa News: Alepa reconhece bloco carnavalesco como Patrimônio Cultural

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Foi aprovado o Projeto de Lei nº 92/2023, de autoria do deputado Bob Fllay, que declara o Bloco de Carnaval “Rabo do Peru”, realizado no Distrito de Icoaraci, Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Pará. Há 29 anos, o cortejo leva uma multidão às ruas da Vila Sorriso, localizado no distrito de Belém. Fundado por Marcos Moraes, no Porto do Uxi, no Paracuri, o bloco se tornou, segundo os organizadores, um dos maiores blocos de carnaval de rua do Brasil.

A festividade é uma manifestação de pluralidade e diversidade presentes na cultura local. O bloco mobiliza um público de diferentes idades e localidades, com a utilização de camisas próprias e fantasias diversificadas, atraindo inclusive pessoas de outros municípios. Já a proposta nº 202/2023, de autoria do deputado Lu Ogawa (PP), classifica como Estância Turística para o Pará, o município de Tomé-Açu.

CONTINUE LENDO...

Texto: Andrea Santos

VER MAIS

VER MAIS