Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Autor de ataque a creche em Blumenau responde por homicídios triplamente qualificados e tentativa de homicídio

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Polícia Civil de Santa Catarina informou na tarde desta quarta-feira, 5, que o criminoso que invadiu a creche em Blumenau, no Vale do Itajaí, e matou quatro crianças, já havia sido preso em flagrante por quatro homicídios triplamente qualificados e quatro tentativas de homicídio triplamente qualificados. As informações foram repassadas pelo delegado-geral, Ulisses Gabriel.

Na manhã de hoje, 5, quatro crianças com idades entre 4 e 7 anos foram mortas com golpes de machadinha. Além das mortes, o criminoso deixou outras cinco crianças feridas. Após os assassinatos, ele se entregou à polícia.

CONTINUE LENDO...

Ainda de acordo com a Polícia Civil, foi solicitada a quebra de sigilos telefônicos e telemáticos do homicida. Além disso, será realizada uma análise do perfil psicológico do criminoso.

O crime chocou o Brasil e abalou pais e comunidade escolar de Santa Catarina. Três meninos e uma menina foram assassinados dentro da instituição. De acordo com a polícia, as vítimas brincavam no parquinho da escola quando o assassino pulou o muro e iniciou o ataque. A unidade de ensino é particular.

Além das mortes, cinco crianças foram feridas durante o ataque, quatro delas foram encaminhadas ao hospital municipal, segundo informou a vice-prefeita de Blumenau, Maria Regina Soar. A quinta criança ferida no ataque chegou a ser levada para casa pelos pais que só perceberam o ferimento já na residência.

“Temos quatro crianças acompanhadas pelo Hospital Santo Antônio, todas em sala de recuperação. Prevista alta em 24 horas”, disse.

“Fato isolado”

Apesar do histórico criminoso do autor dos ataques, a polícia informou que o crime de hoje “foi um caso isolado”. “Entrevista prévia realizada indica que é um fato isolado, que não tem relação com outras práticas criminosas – não é fato coordenado por jogo ou rede social entre criminosos”, disse o delegado.

“É uma situação pontual, é um fato isolado que faz com que nós hoje tristemente estejamos numa situação de termos que estar aqui em Blumenau, mas estamos numa situação como essa que é totalmente impactante”, salientou.

Com informações do G1

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }