Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik

Cresce número de mulheres que morreram por consumo de álcool na última década, diz levantamento

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O número de mortes de mulheres por 100 mil habitantes causadas pelo consumo de álcool aumentou 7,5% entre 2010 e 2021, enquanto o número de homens que vieram a óbito em razão da bebida caiu 4,8%. Os dados são da 5ª edição da publicação “Álcool e Saúde dos Brasileiros: Panorama 2023”. O levantamento apresenta a atualização dos dados sobre o impacto do uso nocivo de álcool na população do Brasil em 2021 e análises comparativas entre 2010 e 2021 e será lançado nesta quarta-feira, 26.


Quando considerados os índices gerais do país, incluindo ambos os sexos, houve queda tanto no número de mortes quanto de internações decorrentes do consumo de bebidas alcoólicas, – 4,8% e -8,8%, quando comparadas as taxas por 100 mil habitantes, respectivamente. Entre os homens, houve também diminuição no número de internações, com uma queda de 13%. Já o número de mulheres hospitalizadas em consequência da bebida aumentou 5%.

CONTINUE LENDO...

Segundo a Cisa (Centro de Informações sobre Saúde e Álcool), que elaborou o documento, em 2010, foram contabilizadas 129,1 internações por 100 mil habitantes, já em 2021 foram 111,9. O número de óbitos passou de 26,9 para 24,7 por 100 mil habitantes. Já entre as mulheres, em 2010, foram registradas 43,8 internações e em 2021 45, 8 internações por 100 mil habitantes. Em 2010 morreram 7,1 mulheres pela bebida, já em 2021 foram 7,6 mulheres por 100 mil habitantes.

Arthur Guerra, psiquiatra e presidente do Cisa, afirma que o aumento do consumo de álcool por mulheres desperta a atenção de profissionais de saúde mundialmente e a preocupação ganha maior relevância quando os dados indicam impactos cada vez mais significativos na vida de tantas mulheres, como no Brasil. Embora homens continuem sendo as maiores vítimas, o especialista defende que é urgente a elaboração de medidas voltadas para a prevenção do uso nocivo de álcool pelas brasileiras.

Com informações da CNN Brasil e Centro de Informações sobre Saúde e Álcool

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }