Em primeiro decreto, Milei corta pela metade número de ministérios

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Javier Milei foi empossado presidente da Argentina neste domingo, 10, e já assinou o primeiro decreto de sua gestão. De 18 ministérios, o argentino cortou para 9, metade do que tinha seu antecessor, o ex-presidente Alberto Fernández.

O governo do ultraliberal terá as seguintes pastas: Ministério de Interior; Ministério de Relações Exteriores; Ministério de Comercio Internacional e Culto; Ministério da Defesa; Ministério da Economia; Ministério de Infraestrutura; Ministério da Justiça; Ministério de Segurança; Ministério da Saúde e Capital Humano.

CONTINUE LENDO...

Segundo Milei, a medida é a primeira para cortar gastos públicos, uma das bandeiras que ele levantou durante a sua campanha presidencial. “Não existe solução sem atacar o déficit fiscal. A solução implica um ajuste no setor público, que cairá sobre o Estado, e não sobre o setor privado”, disse durante a sua posse.

VER MAIS

VER MAIS