Reprodução/Freepik
Reprodução/Freepik

Especialista aponta 7 áreas ‘esquecidas’ na hora de aplicar protetor solar

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O verão, combinado com as ondas de calor enfrentadas pelos brasileiros, costumam estimular muita gente a procurar uma praia ou piscina para aliviar as altas temperaturas. Como a exposição ao sol está atrelada ao desenvolvimento do câncer de pele, o filtro solar é essencial, mas algumas áreas acabam negligenciadas na hora da aplicação.

A quantidade ideal de filtro solar pode ser medida com uma colher de chá e o ideal é passar uma no rosto, pescoço e cabeça; a mesma quantidade para a frente do tronco e outra para as costas; uma para cada braço; uma para a parte da frente de cada perna e outra para a parte de trás de cada uma. A dermatologista Ana Maria Pellegrini, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), lista regiões do corpo que costumam ser esquecidas e que merecem atenção redobrada na hora de passar o filtro solar.

CONTINUE LENDO...

Onde não esquecer de passar o protetor solar

  • Pálpebras: a incidência de câncer de pele na região dos olhos já chega a 10%, de acordo com uma pesquisa de 2017 da Universidade de Liverpool, no Reino Unido. “A pele da região dos olhos é muito delicada, alguns filtros podem causar irritação; dessa forma, o paciente deve priorizar produtos oftalmologicamente testados, protegendo a área sem correr risco de reação. Mas o dado mais importante para tirar desta pesquisa é a importância de acessórios na proteção solar, como os óculos de sol, que não resguardam apenas os olhos e córneas, mas também são importantes para proteger a pele das pálpebras, que está propensa ao câncer”, afirma.
  • Nariz: o estudo mostra que enquanto se passa o protetor, cerca de 10% da face é esquecida, incluindo a ponta e as laterais do nariz. Ana Maria explica que há uma tendência a negligenciar o contorno das narinas ou aplicar o filtro muito rápido na região.
  • Lábios: por serem formados por uma pele muito fina e não terem glândulas sebáceas, os lábios são muitos expostos à radiação solar. “Quando ocorre câncer de pele nos lábios, em aproximadamente 90% dos casos, ele ocorre no lábio inferior. É importantíssimo aplicar protetor específico para a região dos lábios com FPS 30 ou maior diariamente e reaplicar a cada 2 horas ou após comer ou beber”, aconselha a dermatologista.
  • Orelhas: principalmente para pessoas de cabelo curto, é importante passar o filtro solar atrás da orelha e nas pontas.
  • Pescoço: a pele da região é muito fina e, segundo alguns estudos, a areia e água do mar são capazes de refletir a luz solar, trazendo os raios de baixo para cima.
  • Cotovelo: Ana Maria alerta que, como é uma área com poucas glândulas sebáceas e naturalmente mais seca, o cotovelo é suscetível aos danos ambientais. Como é uma região de dobra e atrito, também é mais propenso a desenvolver manchas. “Os pacientes não costumam envolver o braço todo na hora de aplicar o fotoprotetor”, diz.
  • Glúteos: a dermatologista afirma que nem sempre o material das sungas, biquínis e maiôs é suficiente para proteger a pele e, por isso, é importante passar o filtro solar antes de vestir as roupas de banho. “A forma certa de aplicar o protetor solar é 30 minutos antes da exposição solar, sem roupa, de maneira uniforme, espalhando bem e evitando acúmulos em algumas áreas. Ele deve ser aplicado em todo corpo”, ensina.

Com informações do Metrópoles e Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }