Reprodução/Redes Sociais
Reprodução/Redes Sociais

Família do menino Gui é assaltada no Rio após jogo do Vasco: ‘terror psicológico’

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Bandidos armados atacaram a família do menino Gui, torcedor mirim do Vasco e portador de uma doença genética rara, que emocionou a web após ficar 16 dias em coma induzido por conta de uma pneumonia. A notícia do assalto foi dada pela mãe do pequeno, Tayane Gandra, na madrugada desta quinta-feira, 7.

Nos comentários do Instagram, os seguidores enviaram mensagens de apoio para a família: “Oh, meu Deus. Já passam por tanta luta diariamente. Como está o pequeno? É revoltante, mas importante pensar que, graças a Deus, estão todos vivos. ❤️”, disse uma. “Vocês estavam tão felizes saindo do estádio… Gui sendo ovacionado como sempre pelos torcedores… O inimigo é sujo, minha amiga… 😢”, lamentou outra. “Nossa, amiga! Que tristeza! 😢 Sem palavras e sem acreditar!”, escreveu uma terceira.

CONTINUE LENDO...

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }