Hamas acusa Israel de matar 20 pessoas em Gaza que esperavam por ajuda humanitária

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Ministério da Saúde do Hamas acusou Israel de matar 20 pessoas e ferir outras 150 que estavam em uma fila aguardando receber ajuda humanitária fora da Cidade de Gaza, nesta quinta-feira, 25.

O porta-voz do ministério, Ashraf al-Qudra, disse que “a ocupação israelense cometeu um novo massacre contra milhares de bocas famintas”. Outro movimento palestino, a Jihad Islâmica, falou de “projéteis de artilharia e foguetes”. Contudo, o exército israelense não confirmou a informação.

CONTINUE LENDO...

Testemunhas entrevistadas pela agência AFP afirmaram ter sido alvo do exército israelense. Ambulâncias, com sirenes ligadas, lotaram o pronto-socorro do hospital al-Shifa.

Outras atualizações:
No sul, os bombardeios foram incessantes em Khan Younes, que Israel considera um reduto do Hamas. O Exército israelense afirma ter “cercado” a localidade, cidade natal do líder do Hamas em Gaza, considerado o idealizador do ataque de 7 de outubro contra Israel, que deu origem ao conflito.

Com informações do Uol

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }