Reprodução/Arquivo Pessoal
Reprodução/Arquivo Pessoal

Mãe de jovem que morreu após encontro com jogador do Corinthians diz que filha ‘nunca teve problema’

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A mãe de Livia Gabriele da Silva Matos, a jovem de 19 anos que morreu após ter relações sexuais com o jogador Dimas Cândido, do sub-20 do Corinthians, disse que a filha nunca teve qualquer problema de saúde ginecológico e que fazia o acompanhamento médico regularmente. A declaração foi feita durante entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo.

CONTINUE LENDO...

“Infelizmente eu perdi a minha filha assim, do nada. Ela não tinha nenhum problema de saúde nessa parte ginecológica. Nunca teve problema nenhum”, disse Lídia Matos.


Livia sofreu um corte profundo na região íntima após ter relações com Dimas e morreu após ter quatro paradas cardiorrespiratórias. O atestado de óbito da jovem apontou que ela teve uma “ruptura do saco de Douglas com extensão à parede vaginal esquerda”. Na investigação, que foi registrado como morte suspeita, a polícia já solicitou o histórico de saúde de Lívia e aguarda os laudos da perícia.

A corporação não descarta que possa ter ocorrido uma fatalidade. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que foram realizados “exames necroscópicos, sexológicos e a coleta de materiais para exames toxicológicos”. A expectativa é que os laudos dos exames complementares realizados pelo Instituto Médico Legal (IML) que podem apontar a causa da lesão que matou Lívia saiam em torno de 30 dias.

Relembre o caso

Livia Gabriele estava no apartamento de Dimas na noite da última terça-feira, 30, quando foi levada a um pronto-socorro pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que foi acionado pelo jogador. A jovem, que apresentava sangramento nas partes íntimas, teve quatro paradas cardiorrespiratórias. O caso foi registrado como morte suspeita no 30° Distrito Policial, que fica no Tatuapé, Zona Leste de São Paulo, mas o inquérito será conduzido pela 5° Delegacia de Defesa da Mulher, localizada no mesmo bairro.

O Sport Club Corinthians Paulista, equipe da qual o atleta faz parte, informou que “está ciente dos acontecimentos que envolveram um de seus atletas da base, aguarda a investigação dos fatos e está à disposição para colaborar com as autoridades”.

À polícia, o jogador relatou que conversava há alguns meses com Livia pela internet, mas disse que os dois nunca tinham se visto pessoalmente e que esse era o primeiro encontro. Dimas ainda declarou que, durante uma relação sexual, a jovem desmaiou e, por essa razão, ele acionou o Samu e prestou socorro. Por fim, o atleta relatou que os dois não usaram bebida alcoólica ou qualquer entorpecente, e disse que somente eles estavam no apartamento. No local, foram encontradas toalhas e lençóis sujos de sangue.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }