Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa

Menina de 14 anos finge o próprio sequestro e pede R$40 mil de resgate aos pais

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Uma menina de 14 anos fingiu o próprio sequestro no último sábado, 29, e exigiu R$ 40 mil de resgate aos pais. Após a descoberta do falso sequestro, a adolescente foi levada à delegacia. O caso na cidade de Delmiro Gouveia, no sertão de Alagoas.

Assim que ocorrência sobre o suposto sequestro, a Polícia Civil mobilizou quatro equipes, uma delas veio de Maceió, para encontrar a adolescente. Além disso, também foi designado para atender a situação o 9º Batalhão da Polícia Militar.

CONTINUE LENDO...

Segundo o delegado de Piranhas, Daniel Mayer, a adolescente teria saído na noite da última sexta-feira, 28, para tomar um sorvete e não havia retornado para a casa que mora com os pais desde então.

Já na manhã do sábado, 29, o pai da menina procurou a Polícia Civil para denunciar o desaparecimento da filha e que estava recebendo mensagens do celular da filha dizendo que a menina havia sido sequestrada. Nas mensagens, supostamente enviada pelos sequestradores da filha, era cobrado um valor de R$ 40 mil para o resgate da menina.

Segundo o delgado, assim que o pai denunciou o caso às autoridades, foram mobilizadas três equipes de Polícia Civil, uma delas da cidade de Piranhas, outra de Olho D’Água do Casado e uma terceira de Água Branca. Além dessas, também teve o reforço de uma quarta equipe: a equipe de inteligência da Polícia Civil, que fica em Maceió.

Após o início das diligências, as equipes identificaram o suposto cativeiro em que a menina estaria sido mantida refém e lá, os policiais encontraram a adolescente e um jovem de 18 anos.

Os dois foram encaminhados à delegacia, onde permaneceram em silêncio.

Na delegacia, a menina disse que inventou tudo e que teria saído com o rapaz, e que já estava com ele há um tempo e que ela é quem teria enviado as mensagens e que o jovem não sabia do conteúdo enviado.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }