Militares derrubam presidente e anunciam golpe em país

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Na tarde desta quinta-feira, 27, após horas de apreensão, os militares do Níger anunciaram um golpe de Estado no país, na África Ocidental. A ação põe fim à primeira transição democrática no Níger desde a independência do país da França, em 1960.

Algumas horas antes de anunciarem o golpe me rede nacional, eles fizeram o presidente refém.

CONTINUE LENDO...

Nós, as forças de defesa e segurança, reunidas no Conselho Nacional de Salvaguarda da Pátria, decidimos pôr fim ao regime que vocês conhecem”, disse o coronel Amadou Abdramane, cercado de outros nove militares.

O militar, que comanda a Força Aérea do país, justificou o golpe como o “resultado da degradação contínua da situação de segurança, da má governança econômica e social”.

Todas as fronteiras em Níger foram fechadas, e um toque de recolher foi imposto pelos militares. Além disso, a Constituição e as instituições foram suspensas. O comunicado ainda pediu que “agentes externos” não interfiram na atual situação política do país.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }