Risco de colapso em mina de Maceió coloca moradores em alerta; prefeitura decreta emergência
Risco de colapso em mina de Maceió coloca moradores em alerta; prefeitura decreta emergência

Risco de colapso em mina de Maceió coloca autoridades em alerta; prefeitura decreta emergência

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Defesa Civil de Maceió, em Alagoas, emitiu um alerta na última quarta-feira, 29, de risco iminente de colapso de uma mina da Braskem na cidade. Os moradores da área atingida foram orientados a deixar o local e procurar abrigo. Devido à situação, segundo a Folha, a prefeitura decretou estado de emergência por 180 dias. O governo do estado também pode tomar medida semelhante devido o caso.

O poder público tomou medidas, que incluem a preparação de abrigos para as famílias atingidas, leitos em unidades de saúde, equipes de limpeza urbana, alimentação, cestas básicas, kite de limpeza, e higiene pessoal, além de outras medidas.

CONTINUE LENDO...

Já a empresa, preparou algumas atividades no local como medidas para o caso.

O que aconteceu?

Cinco bairros da capital de Alagoas sofreram afundamento do solo. O Problema iniciou em março de 2018, e até o momento não houve solução. Cerca de 60 mil famílias já foram realocadas dos bairros Pinheiros, Mutange, Bebedouro, Bom parto e Farol, para outros lugares da cidade.

Segundo a Defesa Civil, já foram registrados cinco abalos sísmicos somente neste mês e somente na última quarta-feira, foi identificado o risco de colapso da Mina 18 da Braskem no bairro Mutange.

Justiça

O juiz Ângelo Cavalcanti Alves de Miranda, da 3ª vara Federal de Alagoas, autorizou o uso de medidas mais duras em caso de resistência durante a desocupação da área de risco. Caso necessário utilizar o uso de força policial.

“Diante do exposto, defiro o requerimento determinando expedição de ordem judicial autorizando o uso de força policial na hipótese em que haja resistência quanto à desocupação da área”.

Por meio de nota, a Defesa Civil orienta que e recomenda que embarcações e a população evitem transitar no local até uma nova atualização sobre a área.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }