Saiba detalhes sobre sentença de Daniel Alves, condenado por estupro

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Tribunal Superior de Justiça da Catalunha encerrou o caso envolvendo Daniel Alves, nesta quinta-feira, 22, condenando o jogador a 4 anos e 6 meses de prisão na Espanha pelo crime de agressão sexual, equivalente ao estupro na legislação brasileira.

Sob responsabilidade da juíza Isabel Delgado, o julgamento, que durou três dias, concluiu que Daniel forçou relações sexuais sem o consentimento de uma jovem espanhola em uma boate de Barcelona, em dezembro de 2022.

CONTINUE LENDO...

Além da pena de prisão de 4 anos e meio, a Justiça determinou que o brasileiro cumpra 5 anos de liberdade supervisionada pela Justiça Espanhola após o tempo de encarceramento.

Durante esse período, ele deve manter uma distância mínima de 1 km da vítima, além de ser proibido de contatá-la por 9 anos, segundo o veredito dado pela 21ª Seção de Audiência de Barcelona.

Daniel Alves também foi condenado a pagar uma indenização de 150 mil euros (aproximadamente R$ 801 mil) à vítima por danos morais e físicos, também deverá cobrir os custos da denunciante ao longo do processo.

Fonte: Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS