Divulgação/MJSP
Divulgação/MJSP

Veja a lista com os criminosos mais procurados do Brasil

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Desatualizada há mais de dois anos, a lista dos criminosos mais procurados do país passou por atualização em 2023. Ao todo, há 19 foragidos da Justiça na lista mais recente. Destes, oito apareciam na relação anterior. Quando ocorrer a divulgação oficial dos nomes pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), responsável pelo levantamento, a captura desses foragidos passarão a ser prioridade para as forças de segurança nacional.

Prometida há um ano pelo ministro da Justiça, Flávio Dino, que vai assumir uma das cadeiras do Supremo Tribunal Federal (STF), em 2024, a revisão da lista, criada na gestão de Sergio Moro, ainda não foi divulgado oficialmente. A relação foi publicada pelo site UOL.

CONTINUE LENDO...

Crimes dos foragidos:

  • 10 criminosos têm mandado de prisão por envolvimento em mega-assaltos a bancos e carros-fortes
  • Cinco criminosos são indicados como chefes de facções, entre eles, o Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV)
  • Quatro criminosos são suspeitos de tráfico internacional
  • Todos têm mandatos de prisão preventiva. Treze deles receberam reportagens

Os criminosos mais procurados do país

  • Mega-assaltos:
    – Márcio do Carmo Pimentel, o “Yan”
    – Willian Alves Moscardini, o “Baixinho”
    – Edson Vieira da Silva, o Tuleca
    – Luken César Burghi Augusto
    – Jackson Oliveira Santos, o “Dako”
    –Denilson Moreira Dias
    – Gerry Adriane Gomes da Silva, o “Nêgo de Lídio”
    – Fábio Augusto Nogueira Fitze
    – Albieri Barbosa de Melo, o “Ceará”
    – Kaio Bonotto Cavalcante
  • Chefões de facções:
    – Sergio Luiz de Freitas Filho, o “Mijão” — apontado pelo MP-SP como líder do PCC
    – André Oliveira de Macedo, “André do Rap” — um dos líderes do PCC
    – Leomar de Oliveira Barbosa, o “Leozinho” — um dos líderes do CV
    – Engri Júnior de Almeida Maia, o “Júnior Trindade” — líder dos Amigos do Estado (ADE), facção que atua em Goiás
    – Adalberto Pagliuca Filho — líder de facção de Mato Grosso
  • Tráfego internacional:
    – Álvaro Daniel Roberto, o “Caipira”
    – Sonia Aparecida Rossi, a “Maria do Pó”
    – João Aparecido Ferraz Neto, o “João Cabeludo”
    – Lourival Máximo da Fonseca, o “Tião”

A Lista de Procurados Nacionais visa orientar estrategicamente o enfrentamento às organizações criminosas do país, conforme a pasta de Justiça e Segurança Pública. A relação divulga as lideranças criminosas com atuação nacional e internacional. Elaborada pelo MJSP, uma lista observa a existência de mandado de prisão em aberto; o envolvimento em crimes graves e violentos; a participação direta ou indireta em organização criminosa; não constar na lista vermelha da Interpol; entre outros.

Com informações do UOL

VER MAIS

VER MAIS