Reprodução/Redes Sociais
Reprodução/Redes Sociais

Vídeo: funcionários de companhia elétrica atacam casa de cliente após agressão

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Funcionários de uma empresa terceirizada da Enel, principal distribuidora de energia elétrica de São Paulo, tentaram derrubar o portão da casa de um cliente em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, na última quarta-feira, 20, e ameaçaram vizinhos: “Quem tá filmando vai ficar sem luz”.

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram mais de dez funcionários com uniforme da Enel, alguns deles encapuzados, em frente a uma casa no bairro Montanhão. Os mais exaltados puxam e chutam o portão do imóvel, enquanto outros tentam contê-los. A ação seria uma retaliação por causa de uma confusão envolvendo o morador do imóvel e funcionários da Enel que teria ocorrido no dia anterior, 19. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), “policiais militares foram acionados para atender uma ocorrência de agressão contra dois eletricistas no bairro Montanhão” na terça-feira.

CONTINUE LENDO...

Ainda segundo a pasta, os funcionários relataram que estavam no local para checar picos de energia de uma residência e, ao começarem a mexer na caixa de energia, passaram a ser hostilizados e agredidos pelo morador, um homem de 43 anos. O suspeito e uma das vítimas prestaram depoimento no 6º DP de São Bernardo do Campo e foram liberados. Foram solicitados exames periciais ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso foi registrado como lesão corporal.

Em nota, a Enel afirma que, assim que tomou conhecimento do caso ocorrido em São Bernardo do Campo, “solicitou o imediato afastamento dos funcionários da empresa contratada 3C Services”. A companhia diz ainda que “adotará ainda todas as demais medidas cabíveis, como aplicar as penalidades previstas no contrato com a empresa prestadora de serviços”.

“A Enel Distribuição São Paulo considera inadmissível e repudia qualquer ato de violência”, afirma a empresa, em nota. “A Enel reforça que adota rigorosos padrões éticos em todas as suas operações e no relacionamento com seus clientes e fornecedores”, conclui.

VER MAIS

VER MAIS