Reprodução
Reprodução

Vídeo: Pablo Marçal registra boletim de ocorrência e contrata PM que chefiou caçada a Lázaro após ameaças

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O empresário e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRTB, Pablo Marçal, compareceu a uma delegacia da capital paulista para registrar um boletim de ocorrência, alegando ter recebido ameaças de morte nesta segunda-feira, 10. Como medida de precaução, ele contratou o tenente-coronel Edson Melo, da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO), conhecido por liderar a caçada ao serial killer Lázaro Barbosa.

O tenente-coronel Edson Melo, que chefiou a operação que culminou na captura e morte de Lázaro Barbosa, agora é o novo segurança particular de Pablo Marçal. Em um vídeo publicado nas redes sociais, Marçal revelou ter reforçado sua equipe de segurança devido às ameaças que vem enfrentando.

CONTINUE LENDO...

“Atrás de mim está um dos policiais que organizaram aquele assassinato do bandido Lázaro, em Goiás, com mais de 300 policiais. Ele acabou de se juntar à nossa segurança. O coronel Edson é um grande amigo e tirou licença da polícia para estar aqui comigo hoje. Agora é pra valer. Para aqueles que estavam duvidando e me ameaçando, que entrem na fila”, declarou Marçal no vídeo.

Edson Melo liderou uma equipe de oito policiais que cercou Lázaro Barbosa, encerrando uma das maiores caçadas humanas da história da polícia brasileira, que durou 20 dias e mobilizou cerca de 300 agentes de segurança do Distrito Federal e de Goiás.

Utilizando drones de alta tecnologia, helicópteros com visão noturna, câmeras com sensor de calor e cães farejadores, as autoridades buscaram capturar Lázaro, que após cometer uma chacina em uma família, deu início a uma sequência de fugas e crimes em Goiás.

Lázaro Barbosa invadiu várias propriedades, fez reféns, baleou pessoas, roubou carros e se envolveu em confrontos armados com a polícia. A caçada terminou em 28 de junho de 2021, quando Lázaro foi morto em um confronto com policiais militares de Goiás, na cidade de Águas Lindas de Goiás.

Com informações do Correio Braziliense

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }