Reprodução/Redes sociais
Reprodução/Redes sociais

Vídeo: turbulência deixa 1 morto e 20 feridos em voo de Londres a Singapura

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Um voo da Singapore Airlines que partiu de Londres para Singapura sofreu um episódio de turbulência severa nesta terça-feira, 21, resultando na morte de um passageiro e outros 20 feridos.

A vítima fatal é um britânico de 73 anos, que possuía problemas cardíacos. A causa exata da morte está sendo investigada, mas um ataque cardíaco é uma das hipóteses.

CONTINUE LENDO...

Detalhes

O voo SQ321, operado por um Boeing 777, encontrou a turbulência cerca de uma hora e meia antes do previsto pouso em Singapura. O comandante declarou emergência e desviou o avião para Bangkok, Tailândia, onde os feridos receberam atendimento médico.

A bordo estavam 211 passageiros e 18 tripulantes. Segundo o diretor-geral dos Aeroportos da Tailândia, sete dos feridos estão em estado crítico, enquanto 23, incluindo nove tripulantes, sofreram ferimentos leves.

“A aeronave alternou para Bangkok e pousou às 15h45 no horário local (5h45 de Brasília)”, informou a Singapore Airlines em comunicado.

Riscos da turbulência

A turbulência é a causa mais comum de incidentes com feridos na aviação comercial, conforme o Conselho Nacional de Segurança dos Transportes dos EUA (NTSB). No entanto, mortes decorrentes de turbulência são raras. Entre 1980 e 2009, houve apenas três registros de vítimas fatais, e nenhuma desde então. Em 2023, uma pessoa morreu devido a turbulência severa nos EUA, mas o episódio ocorreu em uma aeronave particular, não comercial.

Respostas da Singapore Airlines e Boeing

A Singapore Airlines emitiu uma nota expressando suas condolências e informando sobre as medidas tomadas:

“A Singapore Airlines oferece as mais profundas condolências à família da pessoa falecida. Nossa prioridade é fornecer toda a assistência possível para todos os passageiros e tripulação a bordo da aeronave. Estamos trabalhando com as autoridades locais da Tailândia para fornecer a assistência médica necessária e enviar uma equipe para Bangkok para prestar qualquer assistência adicional necessária.”

A Boeing também se manifestou, confirmando que está em contato com a Singapore Airlines e pronta para prestar assistência.

Com informações do g1 e Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }