Foto: Divulgação MTur
Foto: Divulgação MTur

Com expectativa de qualificar 30 mil profissionais para COP 30, Ministério do Turismo cumpre agenda em Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A secretária executiva do Ministério do Turismo, Ana Carla Lopes, cumpriu agenda na cidade de Belém, capital paraense, onde participou de uma série de encontros para organizar ações de qualificação profissional voltadas à COP 30. O objetivo foi reforçar a quantidade de trabalhadores do setor turístico habilitados a prestar atendimentos durante a Conferência sobre Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), que vai reunir representantes de todo o mundo na capital paraense no mês de novembro de 2025.

A agenda da representante do MTur, que seguiu até quinta-feira, 08, inclui reuniões com o superintendente do Patrimônio da União no Pará (SPU/PA), Marcos Antônio de Souza; o secretário adjunto de Turismo do estado, Lucas Torres, e o reitor da Universidade Federal do Pará (UFPA), Emmanuel Tourinho.

CONTINUE LENDO...

A iniciativa foi um desdobramento de reunião promovida em janeiro deste ano pelo ministro do Turismo, Celso Sabino, com representantes do setor no estado, quando foram alinhadas ações de capacitação relativas ao evento.

Ana Carla Lopes destacou esforços do Governo Federal no sentido de proporcionar a boa recepção dos participantes nacionais e internacionais da COP 30, que deve atrair cerca de 50 mil pessoas de várias partes do planeta a Belém para discutir os desafios globais do clima.

“Além de ser uma grande oportunidade de o Brasil expor suas ações de sustentabilidade ambiental, inclusive no turismo, a COP 30 é, também, uma chance de mostrarmos o melhor da hospitalidade brasileira. Juntos, Governo Federal e Governo do Pará, vamos proporcionar que trabalhadores de diversas atividades turísticas estejam devidamente preparados para encantar os visitantes que virão a Belém durante o evento”, enfatiza Ana Carla.

PREPARAÇÃO – Em janeiro deste ano, o ministro do Turismo, Celso Sabino, discutiu a criação de um plano de qualificação profissional na área para a COP 30 durante reunião com o secretário adjunto de Turismo do Pará, Lucas Torres, e integrantes do Sebrae no estado.

Uma das ações abordadas foi a implantação de uma Escola de Turismo, que funcionaria como uma unidade descentralizada do MTur no Pará, em uma parceria junto à Secretaria de Turismo do estado. A meta é qualificar cerca de 30 mil pessoas até o evento, a partir da oferta de cursos.

Durante a agenda em Belém, a secretária Ana Carla Lopes teve a oportunidade de visitar pontos estratégicos da cidade, como a Escola Vilhena Alves, onde já funcionam cursos profissionalizantes de turismo, e os prédios históricos da região. “Além da COP 30 e do G20, garantimos espaço para o Pará também na Feira de Berlim”, finalizou Ana Carla.

Com informações do MTur.

VER MAIS

VER MAIS