Confirmado na Cúpula da Amazônia, Maduro encontra com Lula no Brasil pela segunda vez em menos de dois meses

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, será recebido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira, 08. Esta é a segunda visita de Maduro em menos de dois meses no território brasileiro, desta vez participando da Cúpula da Amazônia. A última vez em que o venezuelano esteve presente no país foi em 29 e 30 de julho, para a Cúpula de Presidentes da América do Sul. Antes disso, Maduro só esteve no Brasil na posse da presidente Dilma Rousseff (PT), em 2015.

Na última sexta-feira, 04, o presidente Lula estreitou relações com a Venezuela, assinando um decreto que amplia o intercâmbio de energia elétrica com países que fazem fronteira com o Brasil, permitindo a importação da energia da Venezuela com Roraima.

CONTINUE LENDO...

Para a Cúpula da Amazônia, além da Venezuela, outros seis países que abrigam a floresta estarão presentes: Bolívia, Colômbia, Guiana, Suriname e Equador. A ideia é que, juntas, essas nações proponham ações para equilíbrio ambiental e desenvolvimento econômico/social.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }