Descarte irregular de lixo nas ruas de Icoaraci é alvo de fiscalização rigorosa em Icoaraci. Foto: Agência Belém.
Descarte irregular de lixo nas ruas de Icoaraci é alvo de fiscalização rigorosa em Icoaraci. Foto: Agência Belém.

Grupo de combate a crimes ambientais realiza primeira ação em Icoaraci

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Com a operação  “Icoaraci bem cuidada” a Prefeitura de Belém  deu início às ações do Grupo Interinstitucional de Combate aos Crimes Ambientais no Distrito de Icoaraci, criado pela gestão municipal por meio por meio da Agência Distrital de Icoaraci (Adic) e Guarda Municipal de Belém, em ação cooperada com a Policia Civil e Policia Militar do Estado do Pará. 

As atividades da operação “Icoaraci bem cuidada”, deflagrada na quinta-feira,14, com a participação dos órgãos de segurança pública que integram o Grupo Interinstitucional, têm a finalidade de identificar, orientar, notificar e apreender os agentes causadores dos crimes ambientais. A ação teve início com o mapeamento dos bairros de Icoaraci, onde foram observados os locais com pontos críticos e incidência de descarte irregular de resíduos sólidos. 

CONTINUE LENDO...

Na operação “Icoaraci bem cuidada” a população foi orientada a utilizar os canais oficiais para denúncia de descarte irregular de resíduos sólidos, e o canal de agendamento de retirada de entulho. Além disso, moradores que foram flagrados cometendo crimes ambientais receberam notificação. Esta ação acontecerá de forma contínua para intensificar o combate ao descarte irregular de lixo. 

Maria José é moradora de Icoaraci há mais de 45 anos, e relata que já presenciou o descarte de resíduo sólidos quase na frente de sua casa. Ela comenta que a iniciativa da Prefeitura de Belém é fundamental para combater esse tipo de atitude.
“Eu já vi jogarem lixo aqui nessa rua, e por isso é muito importante a prefeitura agir para que isso não aconteça mais. Eu fui orientada e a partir de agora vou sempre denunciar, não vamos mais tolerar jogarem lixo na frente de nossas casas. Agora vamos sempre ligar e assim fica mais fácil. Estamos juntos nessa”, disse a moradora. 

Residente do bairro do Cruzeiro, a moradora Maria da Penha sempre realizou em sua casa ações como a coleta seletiva e a reciclagem, ela também destacou a importância dessa operação ser realizada para o combate aos crimes ambientais e pelo cuidado que todos devem ter com o Distrito. “Essa ação está sendo muito importante pra toda a população. Precisamos cuidar de nossa Icoaraci que tem uma beleza tão natural. Tava se tornando cultural  as pessoas jogarem lixo nas ruas. Agora ficou ótimo”, afirmou Maria.  

Segundo o agente distrital de Icoaraci, Gregório Neto, a ação será realizada de forma contínua e terá uma rígida fiscalização que vai atuar em todos os bairros do distrito, identificando e orientando a população para o combate desse problema. “Hoje foi realizada a primeira operação ‘Icoaraci bem cuidada’ que vai se estender por toda Icoaraci. O objetivo é enfrentar essa cultura do descarte irregular de resíduos sólidos. Vai ser um árduo trabalho, mas junto com os órgãos de segurança vamos ter excelentes resultados. Além disso, vamos também contar com o apoio da população para denunciar e colaborar com essa operação”, ressaltou o agente. 

Serviços

De acordo com a Lei Municipal n° 9.656/2020, cada cidadão é responsável pela destinação final do entulho que produz, a partir de serviço particular autorizado, sendo proibido “o lançamento in natura de resíduos sólidos ou rejeitos em quaisquer corpos hídricos ou solo, a céu aberto”. 

No entanto, a Prefeitura de Belém oferece diariamente à população de Icoaraci o serviço gratuito de coleta de entulho, que pode ser previamente agendado na Divisão de Operações da Adic  (Rua Quinze de Agosto, n° 901). 

As denúncias sobre descarte irregular de entulho ou lixo domiciliar em local indevido podem ser feitos ao Grupo Insterinstitucional de Combate a Crimes Ambientais em Icoaraci por meio do whatsapp do (91) 985198822 e ainda pelos números 190, da Polícia Militar e 153, da Guarda Municipal de Belém.
 

Fonte: Agência Belém

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }