Oficina realizada pela Prefeitura de Belém ensina a fazer puffs com garrafa pet

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Uma oficina que produziu apenas quatro puffs retirou de circulação inadequada quase cem garrafas pets. A oficina foi realizada pela Prefeitura de Belém, por meio do Programa de Saneamento da Bacia da Estrada Nova (Promaben), nesta sexta-feira, dia 28, na sede da ONG Pará Vida e reuniu mais de 20 participantes do bairro do Jurunas.

A aposentada Maria Lúcia de Melo, de 75 anos, ficou encantada com a possibilidade de fazer uma renda extra com a confecção dos puffs. “Eu achei muito bom porque é mais uma forma da gente poder ter mais assim um meio de vida. Eu vou continuar fazendo porque eu achei simples e com materiais fáceis de achar”, conta a aposentada. 

CONTINUE LENDO...

Para a artesã e oficineira, Rita Figueiredo, essa terceira oficina foi uma grata surpresa. “Eu fiquei muito feliz com essa turma, porque o grupo foi de uma agilidade e um interesse surpreendente. Eles se organizaram muito rápido para a atividade e conseguiram além de receber as orientações sobre os puffs pudemos também repassar orientações sobre outros artigos que podem ser feitos a partir de objetos que seriam descartados. Esse interesse e essa ânsia de aprender deles me surpreendeu muito positivamente”, comemorou.

Melhor qualidade de vida e geração de renda

As oficinas integram as ações do Programa de Educação Ambiental e Sanitária – PEAS do Projeto Social do Promaben. O PEAS tem o objetivo de atender e melhorar a vida daqueles que serão afetados pelas obras nesses bairros. “Para a Prefeitura de Belém não é vantagem só fazer as obras sem que a população entenda a necessidade de manter os canais, manter os sistemas de drenagem livre daquilo que erroneamente são jogados fora. O objetivo do nosso trabalho são as obras, mas, principalmente melhorar a qualidade de vida das pessoas oferecendo até oportunidades de renda”, explica a subcoordenadora Ambiental do Promaben, Simone Ribeiro. 

Esta é a terceira oficina desse tipo ofertada pelo programa, que nos últimos três anos já repassou esses conhecimentos a mais de cem pessoas dos bairros do Jurunas, Condor e Cremação, que são diretamente afetados pelas obras de saneamento, como alargamento de canais, duplicação da av. Bernardo Sayão, entre outras.

Com informação da Agência Belém.

VER MAIS

VER MAIS