Foto: Agência Belém.
Foto: Agência Belém.

Semec e Sesan se unem para promover educação ambiental na cidade

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Em 2021, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec) e Saneamento (Sesan) lançou o programa Belém Sustentável, Cidade Educada, para, de forma integrada, fortalecer a coleta seletiva nas unidades de ensino, além de realizar atividades de reciclagem em parceria com cooperativas.

O primeiro ponto de coleta foi a Creche Betinho, localizada na Rua Samaumeira, no bairro da Terra Firme. Gradualmente, ao longo desses dois anos e meio, alcançou mais nove escolas municipais. Entre elas estão as escolas Manuela de Freitas, Almerindo Trindade, João Nelson Ribeiro, Padre Leandro Pinheiro, Walter Leite, Rotary Club, Antônio Carvalho Brasil e Sílvio Nascimento.

CONTINUE LENDO...

O professor Walter Braga, do Centro de Formação de Educadores Paulo Freire, da Semec, explica um pouco da metodologia trabalhada com estudantes e comunidade em geral e que será intensificada, ainda este ano, em outras escolas do município, como ação preparatória para a Conferência das Partes da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças de Clima (COP-30), marcada para 2025 em Belém.

“A educação ambiental, no âmbito do ensino formal, trabalhará a capacitação de professores, servidores, estudantes e pais, através de oficinas e palestras mensais”, informa o professor Walter, responsável pelo projeto na Semec, que no segundo semestre inicia um novo planejamento para a COP-30.

Mudança de hábitos e atitudes

Até 2025, a Prefeitura visa promover ainda mais conhecimento, mudança de hábitos e atitudes com relação aos resíduos sólidos que são aproveitáveis e os de rejeito.

“A retirada dos materiais das escolas será feita uma vez por semana e em dias predefinidos junto às cooperativas ou associações de catadores. Neste dia, os moradores do entorno da escola poderão entregar materiais recicláveis para a cooperativas ou associação responsável. Essas informações serão amplamente divulgadas na comunidade escolar e no seu entorno”, conclui Walter Braga sobre a metodologia.

No planejamento do Programa há campanhas mensais de educação ambiental e de sustentabilidade em torno das escolas: caminhada ambiental, distribuição de sacos recicláveis e de rejeitos, participação de grupos culturais, das cooperativas.

Papel da escola

Da primeira experiência, na Creche Betinho, até a mais recente, na escola Antônio Carvalho Brasil, localizada no bairro do Condor, é perceptível o quanto é importante o papel da escola como ponto de referência nas comunidades.

A diretora da Creche Betinho, Liliane Reis, lembra que toda iniciativa demora a ser assimilada por completo na comunidade, mas que, com o passar do tempo e orientações e ajustes, tudo começa a fluir como planejado.

“Fomos à escola piloto, e a comunidade já tinha seus containers de lixo, um para cada oito casas para lixo de cozinha e na escola ficaria um para o lixo reciclável. Porém, a comunidade não compreendeu bem o tipo de material para colocar no container da escola”, relata a diretora sobre as dificuldades no início da implantação da ação, em dezembro de 2021.

Ela revela que agora, em Agosto, a escola fará uma nova conscientização junto à comunidade, para que a mesma leve, dois dias antes, o material reciclável, para que a cooperativa recolha, toda terça-feira, o material. “Trabalhamos as crianças e os pais, em oficinas com professores, para ficarem bem informados sobre o material certo para a coleta seletiva”, disse Liliane.

No segundo semestre de 2022, a Escola Antônio Carvalho Brasil recebeu a equipe da Sesan para um encontro formativo. Nele a escola recebeu uma big bag para coletar os materiais recicláveis. Em abril deste ano, a Sesan fez uma nova formação com os estudantes da Educação Infantil ao 5º ano para conscientizá-los sobre o reaproveitamento do lixo na coleta seletiva.

Benefícios

A comunidade escolar abraçou a iniciativa e já vem recolhendo muitos materiais recicláveis como garrafa pet, caixa de leite e suco, lata de leite, embalagem de amaciante e desinfetante, etc. Quando a big bag está cheia, a escola informa a cooperativa responsável pelo recolhimento.

“Este projeto trouxe muitos benefícios para a nossa escola e para a comunidade, pois estão animados e envolvidos com a coleta seletiva, o que, com toda a certeza, trará muitos benefícios para a nossa comunidade”, afirma a diretora Aurea Maria da Silva Oliveira.

Na prática, as cooperativas de reciclagem consistem em desenvolver todo o processo de separação do lixo, tratamento dos materiais recicláveis e, após, os enviam às empresas recicladoras que comercializam esses materiais. E estão fazendo um belíssimo trabalho com as escolas municipais. 

Entre os parceiros estão a Associação de Catadores da Coleta Seletiva de Belém (ACCSB); Associação de Catadores e Carroceiros de Materiais Recicláveis do Temone (Acacamaret); Cooperativa de Trabalho de Catadores de Resíduos Sólidos da Amazônia (Coopcresam); Cooperativa de Reciclagem (Concaves)-Coleta Seletiva; e Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis Filhos do Sol (CCMRFS).

Com informação da Agência Belém.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }