Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará
Foto: Bruno Cecim / Ag.Pará

Veja cinco locais para praticar turismo ecológico na Grande Belém

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

No dia 01 de março, nesta sexta-feira, é comemorado o Dia do Turismo Ecológico, que também é conhecido como Ecoturismo. Essa é uma prática de turismo que tem uma grande importância para o meio ambiente, pois valoriza atividades que utilizam de forma sustentável o patrimônio natural e cultural, buscando a preservação do meio ambiente e a conscientização ambiental da população, assim como a conscientização cultural, mostrando e valorizando as práticas culturais tradicionais do local.

Belém, por ser a capital de um estado localizado dentro da Amazônia, tem várias opções para a prática do Ecoturismo. Então se você está ai pensando em programações para o final de semana, o portal Roma News vai te dar uma ajudinha com cinco dicas, confira:

CONTINUE LENDO...

1- Parque Estadual do Utinga: o espaço protege ecossistemas da região, além de promover pesquisa científica e conscientização ambiental da população. Lá é possível encontrar uma série de atividades de lazer junto à natureza, como caminhada, trilhas, passeios de bicicletas, boia-cross, stand-up paddle, caiaque e rapel.

Foto: Divulgação.

2- Mangal das Garças: é um parque que abriga uma diversidade grande de aves que voam por lá livres, além de outras espécies. No local é possível participar de atividades como visita guiada, visita ao Borboletário José Márcio Ayres, ao Viveiro das Aningas, ao Memorial da Amazônia, além de subir ao Farol de Belém, uma torre que possibilita a visualização do espaço todo de cima.

Foto: Bruno Cecim / Ag. Pará.

3- Ilha do Combu: essa é a quarta maior ilha das 39 que compõem a a região insular de Belém. Nela é possível realizar uma série de atividades como almoçar ou jantar nos restaurantes localizados na beira do rio, visitar a fábrica de chocolate da Dona Nena, que produz com cacau cultivado no local, comprar artesanatos locais de ribeirinhos, tomar banho de cheiro- um banho feito de ervas que tem como objetivo limpar as energias do corpo, e atualmente já existe no local diversas opções de hospedagens para dormir na ilha, em meio à natureza.

Pôr do Sol na Ilha do Combu. Foto: Kamila Dias / Belémtur

4- Ilha de Cotijuba: essa é uma ilha composta por 11 praias e que é uma área de preservação ambiental, onde é estritamente proibida a entrada de carros e motos. Além das praias que são verdadeiros paraísos, trilhas de bicicleta são praticadas no local.

Foto: Fernando Sette / Ag. Belém.

5- Centro Amazônico de Herpetologia: localizado em Benfica, na Região Metropolitana de Belém, o local abriga mais de duas mil espécies que incluem cobras, tartarugas, jacarés, lagartos e até mesmo algumas capivaras. Os animais que chegam lá são entregues pelos órgãos ambientais resgatados em operações no perímetro urbano. Durante a visitação é possível interagir com os animais e ver de perto as espécies.

Foto: Divulgação.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }