Médico fala pela primeira vez como controlou desespero após atentado que matou colegas no RJ

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O Médico ortopedista que sobreviveu ao atentado que matou os colegas no RJ, no último dia 5 de outubro, falou neste domingo, 17, pela primeira vez como controlou o desespero. Daniel Proença, 33, estava no quiosque na Barra da Tijuca quando ele e outros três amigos foram alvejados com aproximadamente 20 tiros.

“Comecei a fazer exame dentro de mim, comecei a forçar vômito”, relatou o Dr. em entrevista ao programa Fantástico, da TV Globo. Está e a primeira vez que ele relata com detalhes o ocorrido. Ele ficou internado vários dias após ser baleado.

CONTINUE LENDO...

O grupo de médicos bebia em um quiosque em frente a um hotel onde estavam hospedados para participar de um congresso profissional, quando foram surpreendidos por homens fortemente armados, que desembarcaram do veículo e começaram a atirar nas vítimas.

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }