Foto: Reprodução/Instagram
Foto: Reprodução/Instagram

Vídeo: web detona cantora gospel Bruna Karla por declaração homofóbica

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Nesta quarta-feira, 15, a cantora gospel Bruna Karla foi alvo de ataques nas redes sociais, após um trecho da entrevista que ela deu ao podcast “Positivamente” viralizar.

O programa que é apresentado pela atriz Karina Bacchi, a cantora foi acusada de fazer declarações homofóbicas sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Durante o bate papo, a artista revelou que só iria ao casamento de um amigo gay se ele estivesse se casando com uma mulher.

CONTINUE LENDO...

“Teve um amigo que me perguntou: ‘Bruna, quando eu me casar você vai no meu casamento?’ e eu olhei para ele, fui bem sincera e disse: ‘Ah, quando você se casar com uma mulher linda e cheia do poder de Deus, eu vou sim’. Estou falando de um amigo, homossexual, que a gente tem essa liberdade, e eu falei que o dia que eu aceitar cantar em um casamento com outro homem, eu posso parar de cantar sobre a bíblia e sobre Jesus”, contou Bruna Karla.

Após a fala viralizar, nas redes sociais, internautas fizeram questão de expressar sua indignação sobre o comentário da cantora, que também pode ser entendido como crime de ódio. “Ela deveria ter sido presa no exato momento que falou um crime desse. E outra coisa, que tradução de bíblia é essa desse pessoal?”, indagou um internauta.

“A menina toda montada e de rosa, até a bíblia deve ser rosa, mas acha que luxúria não é pecado!”, alfinetou outro, usando trechos da própria fala da artista para fazer críticas quanto ao seu “luxo” durante a entrevista. “Só sendo um lixo de ser humano pra falar assim com alguém”, atacou um terceiro.

Com informações da Contigo!

VER MAIS

VER MAIS