Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro
Divulgação/Câmara Municipal do Rio de Janeiro

PM afirma que Gabriel Monteiro oferecia dinheiro por participações em vídeos

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O policial militar Pablo Foligno, que faz parte da escolta do vereador Gabriel Monteiro (PL), confirmou no depoimento que o parlamentar e youtuber oferecia dinheiro para que pessoas participassem de seus vídeos.

A informação foi revelada pelo vereador Chico Alencar (Psol), relator do processo ético-disciplinar que investiga a atuação de Monteiro, após as últimas as duas últimas testemunhas no processo serem ouvidas. Para Alencar, a atitude justifica a quebra do decoro e ética parlamentar.

CONTINUE LENDO...

Em entrevista, Gabriel Monteiro confirmou o pagamento para execução dos vídeos.

“Eu paguei, sim. Mas era uma campanha contra o feminicídio, um experimento social, uma denúncia para que não aconteça com outras mulheres”, explicou. “Aprendi a fazer isso com o Fantástico”, afirmou.

Com informações do Metrópoles

VER MAIS

VER MAIS