Reprodução/Polícia Militar e Redes Sociais
Reprodução/Polícia Militar e Redes Sociais

Jovens mortos em BMW: dono de oficina e funcionário são indiciados por mortes após inalação de monóxido de carbono

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Duas pessoas foram indiciadas pelas mortes dos quatro jovens encontrados desacordados dentro de uma BMW em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, no dia 1º de janeiro de 2024. As vítimas morreram por asfixia após inalação de monóxido de carbono, segundo laudo pericial. Uma falha mecânica, após customização no veículo em uma oficina de Goiás, levou o gás tóxico para dentro do carro, concluiu a Polícia Civil.


Segundo a investigação, o proprietário de uma oficina de Aparecida de Goiânia/GO, de 35 anos, e um funcionário, de 48 anos, vão responder por quatro homicídios culposos, quando não há a intenção de matar, por imperícia. O inquérito foi enviado ao Ministério Público e Poder Judiciário. Na decisão, a polícia cita que “A investigação apontou que a peça que rompeu foi instalada em julho de 2023, e que o serviço foi realizado por um indivíduo sem qualquer formação técnica, e sob a supervisão e controle do proprietário do estabelecimento”, informou.

CONTINUE LENDO...


O laudo pericial havia indicado, segundo a Polícia Civil, que o monóxido de carbono vazou através da ruptura de uma peça, denominada downpipe. O gás entrou na cabine do veículo por meio do ar condicionado. “Os peritos concluíram que a peça, a qual foi instalada em substituição ao catalisador do veículo, foi produzida e montada de forma precária e divergente dos padrões de qualidade do fabricante”, disse a polícia.

SAIBA MAIS

Oficina que modificou BMW onde quatro jovens morreram diz que terceirizou serviço

Perícia revela causa das mortes de jovens encontrados em BMW

Saiba quem eram os quatro jovens encontrados mortos em uma BMW em SC

BMW onde jovens morreram em SC passou por customização para aumentar ronco do motor, dizem familiares

Vídeo mostra vazamento que pode ter causado a morte de quatro jovens dentro de BMW; assista

Saiba os riscos do monóxido de carbono, gás que pode ter causado morte de quatro jovens dentro de BMW

VER MAIS

VER MAIS

// try { // document.addEventListener("DOMContentLoaded", function() { // var bottomAds = document.getElementById("bottom-adsF");// console.log('bntt', bottomAds)// var toggleButton = document.createElement("span");// toggleButton.classList.add("toggle-view"); // toggleButton.onclick = toggleBanner; // Make sure to pass the function reference, not call it// var icon = document.createElement("i"); // icon.classList.add("fas", "fa-chevron-up"); // toggleButton.appendChild(icon); // // toggleButton.innerText = "ocultar/exibira"// bottomAds.appendChild(toggleButton);// let isVisible = false; // function toggleBanner (){ // isVisible = !isVisible; // if(isVisible){ // bottomAds.style.bottom = "0"; // }else{ // bottomAds.style.bottom = "-121px"; // } // } // toggleBanner ();// }); // } catch (error) { // console.error('Erro ao executar o código:', error); // }