Bruno e Dom Phillips: deputados paraenses pedem comissão na Câmara Federal para acompanhar investigação

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Após mais de uma semana de buscas, o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips continuam desaparecidos. Nesta última segunda feira, 13 , um grupo de deputados federais  em uma sessão plenário, apresentou um requerimento para a criação de uma Comissão Externa Temporária na Câmara Federal, para acompanhar o caso.

O requerimento foi assinado pelos deputados federais paraenses, Vivi Reis (PSOL) e Airton Faleiro (PT), além de deputados de outros estados,  como Joenia Wapichana (Rede-RR), primeira deputada federal indígena do país, e Bira do Pindaré (PSB-MA), José Ricardo (PT-AM), Orlando Silva (PCdoB-SP), Camilo Capiberibe (PSB-AP), Nilto Tatto (PT-SP), Rodrigo Agostinho (PSB-SP), Patrus Ananias (PT-MG), Túlio Gadêlha (Rede-PE), Alice Portugal (PCdoB-BA), Alessandro Molon (PSB-RJ) e Erika Kokay (PT-DF).

CONTINUE LENDO...

No documento apresentado, é citado que “Diante de toda essa escalada de violência contra os povos indígenas, seus apoiadores, os protetores ambientais, a Câmara dos Deputados tem o dever de acompanhar e fiscalizar como estão sendo desenvolvidas as ações governamentais para desvendar as circunstâncias do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips na região do Vale do Javari no estado do Amazonas e a falta de programas e planos de proteção da Amazônia”.

O indigenista brasileiro e jornalista inglês desapareceram na Amazônia, no último dia , 5 .

VER MAIS

VER MAIS