Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Faccionada do Comando Vermelho é presa após ameaçar policiais e jornalistas no Pará

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

A Polícia Civil no município de São Miguel do Guamá, nordeste paraense, prendeu na sexta-feira, 1º, uma mulher identificada como Adera Ellem dos Santos, 26 anos, por associação criminosa, ameaça e coação. Segundo a polícia, a suspeita é apontada como membro da facção criminosa Comando Vermelho, que no Pará.

Conforme investigações da polícia, Adera estava infiltrada em um grupo de troca de mensagens onde circulam notícias do município. Dentro do grupo, a jovem teria feito ameaças de morte a policiais e a jornalistas responsáveis por administrar o grupo. De acordo com a polícia, as ameaças tiveram início no dia 29 de junho. Desde então, a suspeita passou a ser monitorada e as investigações começaram.

CONTINUE LENDO...

Adera Ellem foi presa dentro da casa em que mora, no km 14 da BR-010, zona rural do município de Irituia, também no nordeste do estado. Com ela, os policiais apreenderam dois aparelhos de celular. A jovem confessou as ameaças.

Na delegacia ela afirmou pertencer ao Comando Vermelho e disse que estaria apenas cumprindo ordens de um homem identificado como Alex Magal, que seria um dos líderes da facção na região, e que está foragido.

A criminosa foi autuada e encaminhada para um presídio na capital paraense, Belém.

VER MAIS

VER MAIS