Tania Rego / Agência Brasil
Tania Rego / Agência Brasil

Veja dicas para sobreviver ao caos aéreo do verão

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Atrasos, cancelamentos, overbooking, malas perdidas, greves, filas enormes são comuns nos aeroportos durante o período de verão e férias escolares. Então, é preciso tomar alguns cuidados para evitar, ou pelo menos amenizar, alguns perrengues desse período.

  1. Evite conexões

Cada parada no seu itinerário aumenta progressivamente as chances de perrengue. O primeiro voo pode atrasar e fazer você perder a conexão, sua mala pode ficar pelo caminho, a segunda perna pode ser cancelada. Voe direto sempre que possível, mesmo se custar um pouco mais caro. Atualmente, está valendo o investimento.

CONTINUE LENDO...

  1. Prefira os primeiros voos do dia

Os primeiros voos da manhã tendem a ser mais pontuais e dificilmente são cancelados. Além disso, é provável que a tripulação esteja com mais disposição e carisma.

  1. Faça check-in on-line antes de viajar

Fazer o check-in on-line antecipado reduz consideravelmente as suas chances de ficar em terra devido a um overbooking. De preferência, baixe também o aplicativo da companhia aérea para monitorar atrasos e rastrear a sua mala.

  1. Viaje só com bagagem de mão

É a melhor forma de garantir que a mala chegue no destino. Sempre que possível, coloque algumas peças essenciais na bagagem da cabine para não ficar na roubada se acontecer um extravio.

  1. Viaje com tempo

Programe-se para ir alguns dias antes e também pegar o período que sai mais em conta

  1. Fique mais em menos lugares

Aposte por um roteiro mais slow travel, ficando mais dias em cada lugar e evitando muitos deslocamentos

  1. Tenha empatia

Boa parte desse caos se deve à falta de trabalhadores nos aeroportos e companhias aéreas, seja porque ainda não deu tempo de repor as equipes que foram dispensadas na pandemia, seja porque muitos funcionários ainda estão pegando covid-19. Isso significa que quem está no front neste momento provavelmente está extremamente sobrecarregado e não tem culpa de todo esse caos. Respire fundo antes de se indispor com uma pessoa da tripulação ou o funcionário do guichê de malas perdidas. Estamos todos no mesmo barco.

  1. Pense em alternativas

Procure outras alternativas de transporte para se deslocar e, assim, evitar os aeroportos.

Com informações do Viagens e Turismo

VER MAIS

VER MAIS