Reprodução/Redes Sociais
Reprodução/Redes Sociais

Mulher é morta a tiros ao lado dos dois filhos; ex-marido é o principal suspeito

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Na madrugada desta terça-feira, 26, a cabeleireira Sarah Jersey Nazareth Pereira, de 24 anos, foi morta a tiros dentro de casa ao lado dos dois filhos, um de quatro meses e o outro de 2 anos no Centro do Rio de Janeiro. De acordo com as primeiras informações, o principal suspeito do crime o é ex-marido da vítima, Queven da Silva e Silva, de 26 anos. De acordo com a polícia, ele possui 47 anotações criminais, incluindo roubo, tráfico de drogas e homicídio, e estava foragido da Justiça desde 2016. Além disso, contra ele há pelo menos oito mandados de prisão em aberto.

No quarto onde Sarah estava, os peritos da Polícia Civil encontraram 16 cápsulas de pistola. Há dois meses, Queven teria tentado matar a ex-companheira com uma facada no pescoço. O ex-marido é o principal suspeito de matar a ex-companheira. Na tentativa anterior, Sarah ficou internada por alguns dias no Hospital Municipal Souza Aguiar.

CONTINUE LENDO...

De acordo com policiais da Delegacia de Homicídios, que estão no local, desta vez o criminoso teria chegado à casa da vítima por volta de 4h20 e feito três disparos para cima. Ao entrar na casa, Queven atirou diversas vezes contra a mulher, que morreu na hora, próximo as 10h, um carro de remoção da Defesa Civil chegou ao local para retirar o corpo de Sarah e o carro saiu em direção ao Instituto Médico-Legal (IML) do Centro. A mãe da jovem acompanhou a retirada do corpo.

Com informações do Extra

VER MAIS

VER MAIS