Divulgação/FPF
Divulgação/FPF

Federações do Pará e Paraíba se unem para alinhar esquema de segurança para Botafogo-PB e Remo

COMPARTILHAR:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

O presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), Ricardo Gluck Paul, vai acompanhar a delegação do Remo em João Pessoa no próximo final de semana, quando a equipe azulina irá enfrentar o Botafogo da Paraíba no domingo, 24, no Estádio Almeidão, pelo Brasileirão da Série C. Ricardo Gluck Paul contou ainda que, junto com Michelle Ramalho, presidente da Federação Paraibana de Futebol, foi criado um grupo de trabalho com membros das duas Federações para alinhar o esquema de segurança que será feito para este período em que o Remo estará em João Pessoa.

A ida do mandatário paraense até João Pessoa é por conta do clima de decisão que está sendo criado em torno da partida. Pelas redes sociais, desde a última segunda-feira, torcedores do Botafogo da Paraíba começaram a divulgar as provocações que estão sendo preparadas para receber o atual treinador do Remo, Gerson Gusmão, e alguns atletas azulinos durante o jogo.

CONTINUE LENDO...

O “clima de guerra” é motivado pela recente briga entre as diretorias de Remo e Botafogo. Em abril, o Leão foi até João Pessoa tirar o meio-campista Anderson Paraíba do Belo. Depois, em junho, foi a vez do técnico Gerson Gusmão deixar o clube paraibano em direção do Estádio Banpará Baenão. Em entrevista ao site da Federação Paraense de Futebol, Ricardo Gluck Paul disse que sua ida com a delegação do Remo é para garantir “tranquilidade e segurança” ao clube.

“É um dever da Federação Paraense estar ao lado dos seus filiados em quaisquer circunstâncias. Conversei com o presidente (do Remo) Fábio Bentes e ratifiquei que não mediremos esforços para garantir que o Clube do Remo tenha toda tranquilidade e segurança para desenvolver seu trabalho em busca da classificação. João Pessoa é uma das cidades mais lindas do Brasil e seu povo sempre se mostrou acolhedor e respeitoso com os clubes paraenses e tenha certeza que desta vez não será diferente”, disse.

VER MAIS

VER MAIS